domingo, 20 de novembro de 2016

Café na Prensa Francesa–cheirinho bom!


Uma das principais qualidades do café está justamente no seu aroma. Inconfundível, é possível sentir de longe os aromas que se desprendem de cada xícara.

007


Eu adoro um café de boa qualidade, uma das bebidas mais consumidas no mundo. Muito popular, o cafezinho é parte de um hábito social: seja no coffee break empresarial, após o almoço ou quando recebemos uma visita, ele sempre está presente.
Gosto tanto de café, porém meu consumo é equilibrado: de manhã tomo um capuccino com leite vegetal e à tarde prefiro consumí-lo puro (150 ml), sem açúcar e acompanhado de uma fatia pequena de bolo ou cookie.


cafe 1


Se há controvérsias sobre os benefícios da cafeína na saúde, o que vale é o o bom senso na hora de consumí-lo e aproveitar os  bons momentos para consumo em família ou entre amigos. Mesmo assim, coloco uma tabela sobre a quantidade de caféina na bebida:

tabela cafeina

 

Há diferentes formas de preparar uma boa xícara de café, variando conforme o gosto e possibilidade de cada um, destacando sempre que a escolha de um café de qualidade e o uso de água filtrada sem cloro ou água mineral são essenciais para extrair a melhor bebida.

Eu tenho vários tipos de cafeteiras: Cafeteira Espressa, italiana, francesa e filtro de papel. Mas, hoje vamos falar de um dos meus métodos preferidos para preparar café no camping: a Cafeteira Francesa.

prensa francesa 2

 

Origens e peculiaridades

Ao contrário do que o nome sugere, a prensa francesa (também conhecida como cafeteira francesa ou french press) foi inventada por um designer italiano, Attilio Calimani, em 1929. Por que então o “francês” no nome? A explicação está no surgimento desse método (não exatamente como se tornou conhecido), em meados de 1850, nas cozinhas francesas.
A despeito da origem desse preparo, o fato é que ele se tornou difundido mundialmente por conta do saboroso café que proporciona e da facilidade de ser feito, pois não precisa de eletricidade e tampouco de filtro de papel. Dá para levar em viagem e até mesmo passar um cafezinho na mesa de trabalho.
 

10 Passos e dicas para o preparo na Prensa Francesa

 
1) O primeiro passo é escaldar a cafeteira para manter o café quente por mais tempo;
2) Depois adicione o pó, que precisa ter moagem um pouco mais grossa para esse método. O pó fino é apropriado para filtros de papel;

cafe 2
3) Normalmente, a proporção utilizada é de 8 gramas de pó para 100 ml de água;
4) Não precisa ferver a água para fazer o café. Esse método é uma infusão. Esquente a água entre 80ºC e 90ºC e coloque na cafeteira;
5) Mexa com uma colher (de plástico ou de madeira para não danificar o vidro da prensa francesa), coloque a parte de cima da cafeteira com o êmbolo todo levantado;
6) Deixe que a infusão do café aconteça por no máximo quatro minutos;
7) Pressione o êmbolo com delicadeza, pois essa peça é responsável pela separação da borra do café que será servido;
8) Coloque o café devagar na xícara para evitar a transferência dos sedimentos finos (pózinho);
9) Deixe a bebida na xícara descansar por, pelo menos, um minuto, para os prováveis sedimentos assentarem, caso eles tenham sido passados para a xícara;
10) Não deixe o café na prensa francesa por muito tempo depois de pronto. Ele fica amargo em razão do contato com a borra do café.
A bebida resultante terá um gosto bem diferente daquelas de todos os outros métodos. É mais encorpada e o sabor particular de cada café fica bastante perceptível. O ponto negativo fica por conta do aumento da quantidade de cafeína, em relação ao café de coador e do espresso. Se bem que, isso pode ser desejável para certas ocasiões!


Abaixo, assista o vídeo que fiz para você, com todos os passos do preparo de um delicioso café.

 
 


Se você gosta de acampar e leva a casa sobre rodas, vale a pena investir numa cafeteira francesa.

Saudações estradeiras!


















4 comentários: